terça-feira, 25 de maio de 2010

« OS HERDEIROS de BEAU GESTE... »



Código de Honra

A mística dos boinas verdes que nada temem
.
Legionários em parada
Símbolo da Legião
.












*
« CÓDIGO de HONRA de LEGIONÁRIO »
.
Artigo 1
.
Legionário, tu és um voluntário servindo a França com honra e lealdade.

.Artigo 2
.
Cada legionário é o teu irmão de arma seja qual for a sua nacionalidade, a sua raça, a sua religião. Tu manifestarás sempre a estreita solidariedade que une os membros de uma mesma família.
.Artigo 3
.
Respeitador das tradições, fiel aos teus chefes, a disciplina e camaradagem são a tua força, o valor e a lealdade.... tuas virtudes.

.Artigo 4
.
Fiel do seu estado de legionário, tu o mostrarás na tua farda sempre elegante, teu comportamento sempre digno mas modesto, teu aquartelamento sempre limpo.

Artigo 5
.
Soldado de elite, tu treinas com rigor, cuida da tua arma como teu bem mais valioso, cuida permanentemente da tua forma física.
.Artigo 6
.
A missão é sagrada. Tu a executas até o fim, no respeito das leis, dos costumes da guerra, das convenções internacionais e se for necessário, ao perigo da tua vida.

Artigo 7
.
No combate, tu ages sem paixão e sem ódio, tu respeitas os inimigos vencidos, nunca abandonas nem os teus mortos, nem os teus feridos, nem as tuas armas.
»+«
. No Século XIX, quem gostava de emoções fortes e de uma boa briga, tinha um endereço certo:
« A LEGIÃO ESTRANGEIRA »..
.
Criada em 1831 pelo Rei Luís filipe, era uma formação do Exército francês. A sua Missão: proteger os interesses do Império Colonial de França.
.
Os voluntários vinham de todas as partes do mundo. Ao inscrever-se podiam manter em segredo o seu nome e nacionalidade.
.
Devido a isso, boa parte dos legionários era composta de aventureiros que eram pagos para lutar. Uns lutavam para viver; outros, para fugir do seu passado!
.
Qualquer que fosse o motivo, entre eles havia uma fraternidade sem limites. Assim que entravam para a Legião, o passado de cada um era esquecido. Recebiam salário e serviam por cinco anos.
.
Esse período podia ser renovado e então o legionário subia de posto. Após dez anos passava a Sargento e depois a Oficial.
.
Poucos, entretanto chegaram ao oficialato. O seu lema era «HONRA e FIDELIDADE» e usavam quepes brancos (bonés) e dragonas de cores verdes e vermelhas.
.
A Legião tinha Regimentos de Infantaria, Cavalaria e depois passou a ter também pára-quedistas e marines [fusileiros especiais].
.
Em 1843 começou a ser construído o seu Quartel-General na Argélia, num vale deserto ao Sul do Orão.
.
Em dez anos, esse posto militar tornou-se numa cidade fortificada, que preparava os recrutas para as lutas nos diferentes pontos do Império Colonial Francês.
.
Entre outras lutas, a Legião participou na " Guerra da Criméia (1855) ", da " Campanha da Itália (1859)" e da Independência do México.
.
Em 30 de Abril de 1863, três oficiais e 62 legionários resistiram contra 2.000 soldados mexicanos numa fazenda chamada «Camerone».
.
Um a um,... cada legionário tombou morto. A partir de então, «FAIRE CAMERONE» passou a significar « resistir até ao fim », na gíria dos legionários.
.
No dia 30 de Abril de 1967, a bandeira tricolor foi hasteada pela última vez e a Legião Estrangeira deixou definitivamente o Saara, encerrando um apaixonante capítulo do livro da aventura... real!
.
Mas a sua actuação continua a verificar-se noutros pontos do globo e em momentos críticos da conjuntura internacional, como em 1978, durante a invasão do Shaba,... no Zaire de Mobotu,... apoiado pela França.
.
Certo dia, em Goma , no Zaire, corria o mês de Julho de 1994, o tenente português Artur da Silva Santos, de 22 anos, mas já um Veterano da Legião, viu um pequeno braço mexer-se numa pilha de cadáveres. Ordenando aos 'bulldozers' que parassem com o desagradável trabalho e procurando conter os vómitos enquanto trepava pelos corpos em decomposição, conseguiu retirar um pequeno indígena de seis anos daquela confusão, prometendo a si próprio:
«Este não há-de morrer.»
.
Colocou então o corpo delgado e macerado da criança no seu 'jeep', levando-o para um hospital militar.
.
Durante várias semanas, foi sabendo das melhoras do pequeno, e quando este deixou o hospital, levou-o a dar divertidos passeios de' jeep'. Santos e a sua mulher teriam adoptado a criança de bom grado, mas uma agência de apoio acabou por localizar a família do rapaz. Tempos depois, o pai do pequeno enviava os seus mais profundos agradecimentos ao «Soldado branco».
.
Este exemplo de solidariedade foi uma centelha dos muitos actos do teatro de guerra no Inferno do Ruanda, onde os Legionários distribuíram alimentos e medicamentos, desarmaram os Hutus (étnia da criança supracitada) e os Tutsis, que tentavam matar-se uns aos outros, e abriram um corredor de 300 Kms., para que os refugiados conseguissem sair do país em segurança, e tiveram ainda a terrível tarefa de sepultar os mortos em valas comuns.
.
Falar da Legião é uma tarefa apaixonante, digna de ombrear com a Princesa das «Mil e uma Noites»!... tanta coisa para contar, mas: pena que os posts longos sejam ignorados por falta de paciência! (...)
.
Com a tradição centenária de disciplina de ferro e dedicação, esta instituição é uma mistura única de mais de nove mil militares profissionais, de cerca de 120 países, tendo passado a desempenhar um papel de guardiã da Paz Internacional.
.
Contudo, fá-lo com a sua lendária dureza e " élan "! Os seus soldados têm-lhe uma dedicação fanática!... a Legião é, para eles, simultaneamente Casa e Família.
.
A sua divisa é "LEGIO PATRIA NOSTRA" - (A nossa Pátria é a Legião), e esta dedicação cria um laço quase sobrenatural entre eles e o Corpo Militar !
.
Se juntarmos a este espírito de corpo, a sua tão especial constituição multinacional, verificamos tratar-se de uma das unidades de combate mais adequadas à tarefa internacional de manutenção da Paz! (...)
.
Aviso de prudência:
.
A certas "interpretações" políticas, dá-lhes "jeito" - mas de longe -, chamarem-lhes MERCENÁRIOS !
.
O 'logo' que ostentam nas boinas verdes, uma asa de águia que segura um gládio, é provocatoriamente tido como... emblema de 'mercenários'!
.
É vil tal insinuação!... para quem tem nas veias,... mais do que ninguém,... a divisa da:
- Liberdade, Igualdade e Fraternidade!
.
Experimente-se - para ver o que lhe acontece -, chamar isto ao mais ' maçarico' [iniciado] dos seus recrutas...!
.
Vão ver [no físico] como "toca bem" a "Banda de Música da Legião", a Marcha da MARSELHESA!
.
Amanhã... num futuro bem próximo... quando tudo parecer estar perdido, os legionários, para além da supracitada máxima "A Nossa Pátria é a Legião", talvez digam assim:
.
A Minha Pátria é o Mundo Livre!
.
E podemos contar com eles!
.
Imagens seleccionadas na net
Texto do autor do blog

Sem comentários: